Youse Trips

Postado 17 de outubro de 2017

Você já ouviu falar em Telematics? Sabe o que é ou como funciona? Então fica numa boa que a gente vai explicar aqui um pouco dessa tecnologia e como ela pode ser um diferencial pra você.

Falando um pouco da história, esse termo foi usado pela primeira vez em 1978, na França, para se referir a um sistema de telecomunicação e informática (Telematic). Isso já dá uma ideia do significado, que nada mais é do que o uso de tecnologias para coletar informações e enviá-las a algum lugar para serem analisadas. Atualmente, o termo é muito mais associado a carros (Vehicle Telematics), já que temos muito mais informação sobre veículos e direção hoje em dia, como GPS, aceleração, frenagem, dados do veículo em si e alguns outros que eu já explico mais pra frente.

Ok, agora que temos um background leve, como podemos usar esses dados? Considere que você está dirigindo um carro em uma rodovia a 100km/h e, de repente, você desacelera para 0km/h, em um intervalo de 10 segundos. Algo aconteceu, certo? Talvez você tenha batido, talvez teve que frear com muita força, mas independente disso, esse é um comportamento estranho, né?

É aí que entra o Telematics, analisando esses dados e levantando hipóteses. O Waze já faz isso. Quando temos uma via que normalmente é de 50km/h e ele percebe vários veículos andando a 15 ou 20km/h, ele já “entende” que essa via está congestionada, informa outros usuários, muda algumas rotas e assim por diante. Com isso, toda a comunidade que usa o Waze – e o Google Maps também – se beneficiam, sabendo quais lugares evitar, quais caminhos estão livres e assim por diante.

Mas e individualmente, sem uma comunidade como a do Waze?

Agora, imagine que você tem um dispositivo ligado ao seu carro, que analisa o que o veículo “diz”, e uma dessas coisas que ele analisa é o consumo. Você pode ser avisado de que seu carro está consumindo mais combustível do que o normal e que seria uma boa ideia ir a um mecânico para checar algumas peças. Você também poderia ver que o carro está aquecendo rápido demais e assim por diante. Todas essas aplicações e análises servem individualmente, cada uma com o seu interesse.

Lá fora isso não é novidade! Algumas seguradoras, inclusive, já estão utilizando essa tecnologia para recompensar bons motoristas, como o Drivewise® (https://www.allstate.com/drive-wise.aspx), da Allstate, que analisa o comportamento do condutor e, a cada viagem segura e sem imprudências, o usuário é recompensado. Esse serviço é mais conhecido como Pay-how-you-drive (pague como você dirige). Também podemos citar o Pay-as-you-drive (pague por quanto você dirige), que é um tipo de seguro que só é ativado quando você efetivamente está dirigindo. A Metromile, que trabalha dessa forma, está inovando e conseguindo apólices bem mais em conta para aqueles que só tiram o carro da garagem aos finais de semana, por exemplo.

Youse Trips

E a Youse não ficaria pra trás, certo? Lançamos o Youse Trips, o primeiro app de Telematics do Brasil que te dá prêmios. A cada viagem segura, você recebe uma pontuação e, com sua média de pontos, você participa de um ranking do melhor motorista no Brasil. Essa pontuação é baseada no seu comportamento ao volante, se você tiver muitas freadas ou acelerações bruscas, curvas fortes e excessos de velocidade a sua nota vai caindo, já se você dirigir certinho e dentro dos limites a sua pontuação pode chegar à 100. 😉
Além disso, temos algumas missões que, se completadas, desbloqueiam medalhas e prêmios para você aproveitar e compartilhar com os amigos.

Nós entendemos muito de tecnologia e queremos usá-la ao máximo, mas não faz sentido lançar algo sem antes entender todo seu potencial, por isso queremos entender como você, Youser, enxerga esse futuro, convive com ele e desfruta das vantagens, para evoluir e criar o aplicativo e produto do seu jeito .

Quer saber mais? Baixe nosso app, utilize, deixe seu feedback e nos ajude a construir o produto do seu jeito.

 

 

 

Obrigado Chewie Mascarenhas